Notícias

Quatro escolas municipais adotam metodologia Lumiar

Fábia Apolinário com os gestores das escolas

Com o apoio do Instituto Jama, quatro escolas da rede municipal de Porto Alegre passarão a utilizar em 2020 a metodologia Lumiar, baseada no ensino de competências através de projetos e da autonomia do estudante. O termo de cooperação para implantação da prática pedagógica inovadora foi firmado entre o Instituto Lumiar, de São Paulo,e a Secretaria Municipal de Educação na primeira semana de dezembro, com a adesão voluntária das instituições beneficiadas, todas localizadas na Região Metropolitana de Porto Alegre: EMEI Santo Expedido, no bairro Rubem Berta; EMEI do Bairro Cavalhada, no bairro Cavalhada; EMEI Vila Nova, no bairro Vila Nova, e EMEI Ilha da Pintada, no bairro Arquipélago.
Nas duas primeiras semanas de dezembro, uma equipe de pesquisadores da Universidade de São Paulo (USP), coordenada pela Gerente de Implementação do Instituto Lumiar, Fábia Apolinário, manteve contato com os gestores das escolas contempladas para organizar os primeiros encontros de aprofundamento e levantar dados para a criação de indicadores de avaliação da metodologia.
No modelo Lumiar, as práticas pedagógicas, as relações sociais e o cotidiano escolar são geridos de forma participativa por estudantes, pelos docentes e pela equipe administrativa.
Em Porto Alegre, experiência semelhante vem sendo desenvolvida desde o início do atual ano letivo pela Aldeia Lumiar, localizada no bairro Tristeza, resultante de uma parceria entre o governo municipal, a iniciativa privada e a sociedade civil, esta última representada por organizações como o Instituto Lumiar e o Instituto Jama, que contribuem, respectivamente, com conteúdo técnico e apoio financeiro.
- O modelo Lumiar está entre as parcerias mantidas pelo Instituto Jama, que apoia iniciativas inovadoras na educação. A proposta pedagógica está alicerçada em uma aprendizagem que parte do interesse dos estudantes em sintonia com o contexto contemporâneo. Conta com uma disposição diferenciada de equipe pedagógica, que inclui mestres e tutores capaz de funcionar em diversos contextos educacionais brasileiros - destaca Janaina Audino, Consultora Executiva do Instituto, que presenciou experiências desenvolvidas nas escolas de São Paulo.