Notícias

NOSSAS BOLSISTAS ENFRENTAM O ENEM

Nossas bolsistas enfrentam o enem


E chegou o momento de encarar o desafio do acesso ao Ensino Superior para as bolsistas do programa Primeira Chance que o Instituto Jama apoia em parceria com a ONG Primeira Chance, de Fortaleza, e o Colégio Israelita Brasileiro.  Duas jovens que estão participando das provas do Enem neste mês de novembro relataram suas impressões em resposta ao questionário que lhes formulamos.

As questões:

1) De que maneira o apoio do Instituto te ajudou na preparação para o exame?

2) Passadas a primeira prova e a Redação, qual a maior dificuldade que estás encontrando para alcançar o teu objetivo?

3) Já com a experiência pela metade, que dicas tu deixas para os jovens que vão encarar o mesmo desafio?

 

 

LARA KUNRATH PADILHA – (Aspiração: Engenharia Mecânica ou Engenharia da Computação)

 

1)    Com conversas motivacionais como a live que tivemos com o professor Betover. Após a conversa, me senti muito tranquila e preparada para atingir meus objetivos na prova.

2)    Conter minha ansiedade. Com tantos gabaritos não oficiais e conversas sobre acertos e erros nas questões, é difícil conter a ansiedade e o peso na consciência de talvez não ter ido bem. Mas não deixo que isso me atrapalhe de me dedicar e dar o meu melhor no segundo dia de prova.

3)    Acredito que autoconhecimento e confiança são duas coisas muito importantes para se preparar para qualquer vestibular, e ter a maturidade de entender que nenhuma prova é uma chance única. Independentemente dos resultados, sempre há uma opção, nem que seja tentar de novo. Durante as provas se concentrem apenas em vocês, não deixem nada atrapalhar a sua concentração, e encarem a prova sempre com pensamento positivo!

 

 

GIOVANNA BACK GALANTE - (Aspiração: Áreas da Ciência)

 

1)    Sem dúvidas, o apoio que o Instituto Jama vem me proporcionando é essencial para minha preparação. Pois, além da ajuda financeira que me é concedida, o Instituto Jama me oferece todo o apoio e motivação nos estudos, haja vista que, sempre de forma atenciosa, se coloca à disposição para ajudar a superar qualquer empecilho que surja. Em suma, o Instituto, incansavelmente, está me proporcionando meios e orientações para traçar e alcançar, da melhor forma possível, os meus objetivos acadêmicos.

2)    Considerando que ainda estou no primeiro ano do Ensino Médio, não tive acesso a todos os conteúdos abordados no Enem. Por isso, o meu objetivo em fazer a prova era conhecer a dinâmica e sentir o contato técnico e emocional com esse importante exame brasileiro, objetivo este com o qual fiquei bem satisfeita. Acredito que a minha dificuldade na realização da prova foi a questão do tempo, haja vista a quantidade de questões que ainda não fazem parte do meu currículo escolar. Dessa maneira, por eu ter realizado a prova esse ano, me sinto muito mais confiante para os próximos que virão, visto que agora estou cônscia do sistema da prova e poderei administrar melhor o meu tempo no exame e melhorar meu desempenho num todo.

3)    Prepare-se desde cedo! Incentivo a todos que desde já comecem a se preparar para essa prova, tanto por fazerem simulados quanto a prova oficial, que lhe propicia uma noção real de como funciona. Sugiro que façam um cronograma de estudos desde os primeiros anos do Ensino Médio para que não fiquem sobrecarregados no último ano. Se dediquem e cultivem o interesse genuíno de conseguir uma ótima nota nesse exame que nos auxilia a entrar na faculdade que almejamos.