Notícias

Maromar reforça a campanha das cestas básicas

Mais 1.500 cestas básicas doadas em abril

 

 

A campanha Nós nos importamos. E você? recebeu o apoio da Maromar Investimentos. Juntos, o Instituto Jama e a Maromar doaram em abril mais de 1.500 cestas básica para famílias em situação de vulnerabilidade e para organizações sociais que trabalham com crianças. As doações foram encaminhadas à Central Única das Favelas (Cufa/RS), à Associação Beneficente Santa Zita de Lucca e ao Projeto Primeiro Saque.


A ação solidária da Cufa/RS continua proporcionando alimentação e material de higiene para famílias em situação de vulnerabilidade da periferia e da Região Metropolitana de Porto Alegre durante a pandemia do coronavírus. Nos meses de março e abril, a Cufa, que coordena o projeto nacional Mães da Favela, distribuiu no Estado 30 toneladas de alimentos e materiais de limpeza.


No mês de maio, o apoio do Instituto Jama e da Maromar Investimentos à Cufa terá um novo formato. As cestas físicas serão substituídas por cartões de alimentação fornecidos pela empresa Ticket, que permitirão às donas de casa escolherem os itens das cestas básicas, podendo incluir produtos como fraldas descartáveis e leite – o que, além de reduzir o custo e a exposição da equipe de distribuição, também impulsionará o comércio local. A nova fase beneficiará mais 1.000 famílias.


A Associação Santa Zita de Lucca distribuiu cestas básicas para 310 famílias da sua comunidade no início de abril. Com o apoio do Instituto Jama e da Maromar, receberá mais 520 cestas básicas para atender as famílias nos meses de maio e junho.
- Esperamos que esta doação permita à Associação concentrar forças em outras demandas, como folha de pagamento e contratos de trabalho – explica a consultora executiva do Instituto Jama, Janaina Audino.


Ao agradecer o apoio, o presidente do Conselho Deliberativo da Associação Santa Zita de Lucca, Annibal Di Primio Beck, lembrou:
- A crise econômica que certamente se seguirá à crise sanitária nos preocupa quanto a doações futuras, que são a principal fonte de verbas para a manutenção da Associação.


Os recursos doados pela Maromar Investimentos também contemplaram o projeto Primeiro Saque, que atende estudantes da rede municipal de ensino de Canoas e está completando cinco anos.