Notícias

Conselho analisa as atividades até agosto

Conselho Deliberativo reuniu-se no dia 1º de setembro

 

O Conselho Deliberativo do Instituto Jama reuniu-se virtualmente na última terça-feira (01/09) para analisar as atividades realizadas nos primeiros oito meses do ano. Os conselheiros chancelaram a realocação de 80% dos recursos orçamentários de 2020 para assistência emergencial de estudantes e familiares afetados pela pandemia da Covid-19, mas concluíram que a meta para 2021 deve ser a retomada do foco nos projetos de educação, prioridade da instituição.


Depois da abertura feita pelo diretor-presidente Jayme Sirotsky, a consultora executiva Janaina Audino detalhou os investimentos realizados até agosto, destacando as principais ações de doação de cestas básicas a organizações sociais e famílias em situação de vulnerabilidade social. Na sequência, os conselheiros se manifestaram sobre os investimentos para 2021 nos projetos apoiados pelo Instituto.


Janaina também apresentou o resumo das ações de maior repercussão, de acordo com o acesso às notícias publicadas no site http://www.institutojama.com.br/.
Por fim, os integrantes da reunião revisitaram os projetos apoiados pelo Instituto, prevendo a chegada de um novo parceiro para a execução dos projetos educacionais e de desenvolvimento comunitário: a plataforma de desenvolvimento social Gerando Falcões (https://gerandofalcoes.com/falcons-university), que está com edital aberto.


Além do presidente e da consultora executiva, participaram da reunião os conselheiros Antonio Pedro Rodriguez Teixeira, Celso Viegas Portásio, Elaine Axelrud Sirotsky, Luiza Mariano Silla, Marcelo Damasceno Ferreira, Marcelo Sirotsky e Tiago Wallau Kretzmann. Em outubro, o Conselho voltará a se reunir para deliberação das ações e do orçamento para 2021.